A Influência da Lua na Agricultura

fases-da-lua

Influência da Lua na Agricultura

Como estudante de Astrologia, questiono-me frequentemente com a questão da influência que os planetas exercem efectivamente sobre o planeta Terra e sobre os seres vivos. Será que realmente nos influenciam? De que forma? Em que medida?

Embora muito permaneça por responder a estas questões, de uma coisa tenho a certeza, e daí este artigo : o Sol e a Lua exercem influência directa e indirecta, sobre todos os seres vivos aqui na Terra.

A Lua recebe a luz do sol e reflecte sobre a terra emitindo energia, força de gravidade, a qual actua sobre as plantas, animais, água e terra.

Desde a antiguidade que a Lua provoca o imaginário da humanidade, sendo para alguns povos uma fonte de poderes sobrenaturais, que controla a vida humana. No presente, existem comunidades rurais que relatam experiências bem sucedidas, no aumento de produtividade das práticas agrícolas, ao usarem o saber lunar.

Na produção de alimentos, a influência da lua sobre as plantas é conhecida pelos agricultores desde a antiguidade. É milenar o conhecimento que os chineses detêm, por exemplo, sobre o corte do bambu e madeira: a ser realizado entre lua minguante e a nova, quando o teor de seiva e humidade dentro dos troncos é menor. Usando este conhecimento é possível trabalhar com o ritmo da Natureza e usá-lo em beneficio da plantas.



As fases da Lua

A lua passa por quatro fases: minguante, nova, crescente e cheia. Cada fase dura sete dias.

Em cada uma das fases, a lua tem diferentes níveis de influência para um determinado conjunto de plantas.

Vejamos então a influência da Lua na agricultura em cada uma das suas fases!

Fases da Lua

 

 

Lua minguante

Nesta fase é pouca a influência da lua sobre a terra. É provável que esta força seja insignificante. A energia ou força contida na terra tende a descer. Daí pensam no que os mais velhos dizem “nesta fase da lua as coisas que crescem da terra para fora minguam, e as coisas que crescem de fora para dentro vigora (raízes)”.

Nesta fase a força da seiva diminui, indo para a parte inferior da planta. A planta absorve menos quantidade de seiva no caule, nas folhas e nos ramos. Fase boa para tirar bambus, madeiras para construção e cabos para ferramentas, etc.

Na prática, observando o comportamento das hortaliças, concluiu-se que nesta fase plantam-se raízes; rabanetes, beterraba, cenoura, batata e outras. Isto porque a planta ao germinar, primeira força o enraizamento, demora mais a nascer, retarda um pouco o crescimento, porte menor, raízes mais desenvolvidas.

Deve colher o milho, abóbora e outros para armazenamento, porque resiste mais ao ataque do caruncho.

Boa época para podar.

Colher as sementes uns dias antes da Lua Nova.

OBS: Em todas as fases deve usar o auge da lua (dois ou três dias após ter começado a fase); com excepção da minguante, que poderá usar a partir do quinto dia da cheia, isto porque está minguando, mas não descartando a possibilidade dela exercer pequena influência sobre a planta.

Lua nova

Nesta fase a seiva atinge o seu pico máximo de retrocesso. As plantas têm baixa resistência às pragas. Nesta fase, ela começa exercer influência sobre a Terra, a seiva manifesta-se em maior quantidade no caule, em direcção aos ramos.

Planta-se mais couve – comum, cebolinha, espinafre, plantas medicinais e outras. Bom também para o plantio de árvores cujo objectivo é produção de madeira.

OBS: Planta-se mais para o aproveitamento de folhas; excepto as verduras folhosas que aglomeram as folhas (o mesmo que formar cabeça) repolho, chicória, alface, couve –chinesa e outras.

 

Do que precede tiramos as regras seguintes: que entre a lua minguante e a nova deve ser plantado tudo o que dá “abaixo do solo” (raízes, tubérculos, rizomas e bulbos comestíveis) e, que entre a lua crescente e a cheia, deve-se plantar tudo o que dá “acima do solo” (folhas, flores e frutos comestíveis).

 




Lua Crescente

Fase em que a lua exerce influência muito boa sobre as plantas. Nesta fase a seiva está presente em maior quantidade no caule, nos ramos e nas folhas.

Fase em que a seiva é atraída para cima, para as folhas, favorecendo o crescimento da parte superior da planta.

Período favorável ao plantio de cereais, frutas e flores e colheita de verduras.

É uma boa fase para plantar tomate, pimentão, quiabo, beringela, feijão – vagem, pepino, abóbora, milho, arroz, feijão e outras, sejam frutíferas, legumes ou cereais.

Bom para se fazer enxerto e poda. Boa época para se preparar o solo com compostos e cobertura vegetal (mulch).

OBS: O tomate plantado nesta fase lunar produz mais; já na minguante, produz pouco; na lua nova, alonga-se a haste e as pencas distanciam mais uma das outras; na cheia, vegeta mais, menos frutos por penca com maior probabilidade de ataque de pragas.

Lua Cheia

Fase em que a influência sobre a terra chega ao ponto máximo, mas só nos primeiros dias, porque depois passa a sofrer efeito da minguante. No início desta fase planta-se: repolho, couve-flor, alface e outras. Além das hortaliças esta fase é óptima para o plantio de flores.

É importante frisar que nesta fase a seiva concentra-se na copa da planta (ramos e folhas).

Esta fase da Lua é boa para colher plantas medicinais e frutos — os frutos estão mais suculentos devido a maior quantidade de seiva encontrada nos frutos.

 

Sabia que … 

  • Para seguir a fase lunar deve partir desde o semeio ou plantio porque são nos primeiros dias de vida da planta que a Lua exerce maior influência.
  • Para colher frutos, a melhor fase é a lua cheia. Os frutos estão mais suculentos devido a maior quantidade de seiva encontrada nos frutos. Já para as raízes e vagens, na minguante, pois a planta encontra-se com menos seiva facilitando o cozimento.
  • Para colher milho, arroz, abóbora e outros para armazenamento, são melhor colher na minguante porque resiste mais ao ataque de caruncho, gorgulho, etc.
  • Melhores fases para plantar banana: na nova e crescente. Na minguante, leva muito tempo para produzir e produzir cachos pequenos.
  • Alguns agricultores plantam feijão , milho, ou mesmo frutíferas na minguante para evitar ataque de lagartas, etc. Muitos usam este método mesmo sabendo de uma possível queda de produção.
  • Se fizermos semeio de uma determinada cultura numa fase lunar, o plantio deverá obedecer a mesma fase. Caso contrário, sofrerá influência das duas fases. Tendo a fase inicial como dominante.
  • O plantio por estaca deve ser efectuado na lua nova, cujo objectivo é a produção de caule e folha, já para produção de frutas, o mais indicado é na lua crescente.
  • Os insectos manifestam-se mais nas luas fortes.




E para quem acredita… A lua biodinâmica

Também a relação entre a lua e as constelações determina o que deveremos fazer no campo.

Segundo o site sersustentavel, existe uma relação entre a posição em que a lua se encontra nas constelações e os órgãos das plantas que se encontram em maior actividade.

Se a lua se encontrar numa constelação do elemento fogo (carneiro, leão, sagitário) estamos num dia de fruto e por isso é o fruto da planta que está mais potencializado. É por isso altura para trabalhar as culturas que nos darão o fruto – as courgetes, os tomates, as abóboras,… É também nestes dias que deveremos fazer as podas para que possamos ter frutos vigorosos.

Se a lua se encontrar numa constelação do elemento terra (touro, virgem, capricórnio) estamos num dia raiz e por isso são as raízes que estão mais activas. Nestes dias devemos semear, transplantar e cuidar de vegetais de raiz ou tubérculos.

Se a lua se encontrar numa constelação do elemento água (caranguejo, escorpião, peixes) o dia é chamado de folha e por isso são os vegetais de folha a quem devemos dar particular atenção – couves, alface, salsa,…. Para a colheita deste tipo de vegetais é preferível, no entanto, escolher dias de fogo ou ar para que eles se conservem melhor.

Se a lua se encontrar numa constelação do elemento ar (gémeos, balança, aquário) deveremos tratar das plantas das quais estamos interessados em obter as flores como por exemplo a couve-flor, os bróculos e as flores em particular.

Existem calendários que nos dizem em que tipo de dia estamos. http://www.the-gardeners-calendar.co.uk/

 

Fontes e textos por:
sersustentavel.pt : semear-e-plantar-com-a-lua-agricultura-biodinamica/
agrisustentavel.com: lunar.html

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: